terça-feira, maio 30, 2006

é possível que o mundo se
instale aos nossos pés
no momento em que o risco de
um fósforo se demarcar na
escuridão e o baço
clarão de luz editar os
objectos
então, invadiremos o
encanto numa profusão
de corpos e seremos uma
oferenda para o nosso
próprio esplendor

Valter Hugo Mãe

segunda-feira, maio 29, 2006

"Desejaria estar em cima, no meio da alegria, e abrir os dedos tão devagar que ninguém sentisse a melancolia da minha inocência. Tanto desejaria ser destruído por um lento milagre interior. " Herberto Helder

sexta-feira, maio 26, 2006

"Contemplamos na inventada montra dos prazeres as sublimes doçuras que sonhamos sentindo sempre que não
não somos dignos de fruir tais gozos " Ana Hatherly

quinta-feira, maio 25, 2006


"Ao silêncio seguinte ninguém sequer responde, pois não sabe ter havido um som, uma verdade, um antes. " Pedro Tamen.

terça-feira, maio 23, 2006

" minha alma quer-te, mesmo em tortura, e sigo-te alegre na ânsia de procura. que estranho, ser defesa a nossa ligação, se os desejos ambos concordaram!" Ibn 'Ammâr.

domingo, maio 21, 2006

Vesti-me de sombra e senti o silêncio pousar-me no coração. Por isso, no mais profundo e nocturno do meu ser, brilha um sorriso astral, fiozinho de luz que ainda me prende à Fonte originária. E sei que ele introduz em todas as lágrimas que choro.
Este misterioso sorriso é a própria essência da Dor, o seu núcleo lapidado, refulgindo a alegria de Deus...

Teixeira de Pascoaes.

sexta-feira, maio 19, 2006

Bom fim de semana.


Oh! sonho doce, tão doce, demasiado amargo e doce,
Cujo acordar deveria ter lugar no Paraíso,
Onde as almas transbordantes de amor vivem e se encontram
Onde olhos sedentos anelantes
Observam a lenta porta
Que abrindo-se, deixando entrar, não mais deixa sair.
( Christina Georgina Rossetti )

quarta-feira, maio 17, 2006

" A sabedoria não está no pensamento, não reside em forma nenhuma de razão. Apenas sabe alguma coisa, pouca coisa, quem se deixa impregnar - quem muito escuta. A única sabedoria é o amor, e também ela se revela sob mil formas, dez mil mutações. " Casimiro de Brito. Fotografia de Stanmarek.

terça-feira, maio 16, 2006



" ás vezes escuto teu cantar, raramente, é certo...mas quando cantas saem-te nomes puros da boca e sorrisos diáfanos de cristais
os lábios incendeiam-se com vinho, teu corpo adquire o sabor misterioso das algas
no crepúsculo expande-se o perfume a moreia frita, teu olhar é o mosto dos nossos desejos." Al Berto
( Dedico este post ao homem da minha vida. )

segunda-feira, maio 15, 2006


" Eu amo assim: com as mãos, os intestinos. Onde ver deita folhas. " Luís Miguel Nava.

sexta-feira, maio 12, 2006

Viva o FC Portooooooooooo
Vou andar afastada da net mais uns tempos. Agradeço o apoio de todos e a paciência que têm tido. Felizmente os dias têm estado bonitos e ando ocupada com outras coisas fora dos blogues. Volto em breve.

( Façam o favor de consultar e ler este blogue ).

terça-feira, maio 09, 2006


Com um agradecimento ao meu amigo César o texto anexo que teve a gentileza de o enviar. ( o poema é de Teixeira de Pascoaes ).

domingo, maio 07, 2006


" Pensar é encher-se de tristeza e quando penso não em ti mas em tudo sofro / Dantes eu vivia só agora vivo rodeada de palavras que eu cultivo no meu jardim de penas / Eu sigo-as e elas seguem-me: são o exigente cortejo que me persegue / Em toda a parte oiço o seu imenso clamor" Ana Hatherly.

( Para alguém que se sente triste e sozinha...para mim própria. Estão contentes? )

sábado, maio 06, 2006



" A voz calou-se : viram aquele rosto lívido / Assomar das trevas e aquela mão / Abrir o livro de bronze no rochedo / Da Eternidade. E a fúria invadiu os Poderosos. " William Blake.

sexta-feira, maio 05, 2006


" Por isso, a loucura é irmã do sonho. O doido sonha acordado, como se estivesse adormecido. Daí, a insónia que o tortura. Para ele, a vigília é sono, um sono febril, uma exaltação de labaredas. Dorme de pé, caminha, fala alto, gesticula." Teixeira de Pascoaes.

quarta-feira, maio 03, 2006

" porque também eu tenho uma meta física, chegar ao corpo de deus" Valter Hugo Mãe