sexta-feira, dezembro 30, 2005


" Em seu seio a divindade santa infundiu calor para que nela rompa a flor." Hildegard von Bingen (trad. José Tolentino Mendonça). Fotografia de Jeanloup Sieff.

quinta-feira, dezembro 29, 2005


"A minha própria alma é esta chama: insaciável de distâncias novas, lança ao alto, ao alto o seu ardor silente." Friedrich Nietzsche 1844-1900 ( trad. Paulo Quintela). Fotografia de Gabina.

quarta-feira, dezembro 28, 2005


"Já ninguém sabe o que é o amor. Já ninguém sabe o que é feito de Deus." Kenneth Rexroth. Fotografia de Jeanloup Sieff.

terça-feira, dezembro 27, 2005


"Aquela boca de chupadora de piças, aquela boca lambedora de conas...começa a adquirir o aspecto que os iniciados aprendem a distinguir..." Henry Miller. Fotografia de Daniel Bertrand.

segunda-feira, dezembro 26, 2005


"ver-te. olhar e assim fluir aos dias, sem nada perguntar. estar, apenas, porque todo o tempo é sempre tempo demais. e o corpo, refúgio breve de frágeis solidões e clausuras suplicantes. abrir janelas: more heat than light." alexandre aroso. Fotografia de J.F.Jovelle.

sexta-feira, dezembro 23, 2005


"As ondas quebravam uma a uma / Eu estava só com a areia e com a espuma / Do mar que cantava só para mim". Sophia de Mello Breyner Andressen. Fotografia de Lucien Clergue.

quinta-feira, dezembro 22, 2005

Post dedicado à minha querida Inha.


"O Homem, verdadeiro e solitário, passeia o porte íntegro por entre os Homens." Paul Celan. Fotografia de Robert Mapplethorpe.

quarta-feira, dezembro 21, 2005


"E de repente nos teus olhos, relâmpago na sombra, a luz daquela noite, as tuas mãos debatendo-se no ar, aquele galope branco da espuma chegando." Juan Luis Panero, fotografia de Man Ray.

terça-feira, dezembro 20, 2005


" Plo grosso membro que alteia e se arqueia, todo ufano, todo impante dos seus feitos, do seu garbo, e no rabo me penetra num rompante." Paul Verlaine. Fotografia de Lucien Clergue.

segunda-feira, dezembro 19, 2005


" Vou-te mordendo - voraz numa doença / bebendo roucamente o que me fazes. " Maria Teresa Horta. Fotografia de A. Indianos.

sábado, dezembro 17, 2005


" Quão manso e amoroso acordas em meu seio, onde em segredo, solitário, moras ". São João da Cruz. Fotografia de J. F. Jonvelle.

sexta-feira, dezembro 16, 2005


" A mulher sentiu o corpo abrir-se-lhe e o sémen escorrer por ele. Abundante e quente, como se acabasse de ter o orgasmo ". Conceição Paulino, Fotografia de Michel Sandre.

quinta-feira, dezembro 15, 2005


" Ao acordar qual não foi a minha surpresa. A seda que cobria os meus seios e ventre desaparecera e com ela a minha pureza ". Hedylos, (sec. II a.c.). Fotografia de Serge Minguet.

quarta-feira, dezembro 14, 2005


" Se o padecer com amor pode dar tanto deleite, - que gozo não dará ver-te? ". Stª. Teresa D' Ávila. Fotografia de A. Indianos.

terça-feira, dezembro 13, 2005


"Tão pouco jamais lhe deveis dizer: Vai bardamerda! Vai levar no cu! Cago-te nas trombas!" Pierre Louys. Fotografia de Stephane Denizot.

segunda-feira, dezembro 12, 2005


" Quando ele ejacular, deveis engolir em silêncio até à gota derradeira, e depois dizer-lhe uma frase amável a propósito do néctar que haveis bebido e do seu paladar". Pierre Louys. ( 1870/1925). Fotografia de Gabina.

sábado, dezembro 10, 2005


" Abriu as janelas. O mar estava negro. Entre as penas brincavam coelhos ". Severo Sarduy. Fotografia, J. F. Jonvelle.

sexta-feira, dezembro 09, 2005


" Jóia enterrada viva no coração da decência ". Fotografia de J. Sieff com Paulo da Costa Domingos.

quinta-feira, dezembro 08, 2005


" Voa, meu sonho, voa sobre as planícies geledas, / ". Bertel Gripenberger. Fotografia de H. Newton.

quarta-feira, dezembro 07, 2005


" Quando os sentidos das mulheres se enganam um dia, então pode haver a certeza de que, se elas perdem por outras questões, são capazes de todas as porcarias. Esta mulher odeia o seu sexo, de onde um dia saiu. ". Elfried Jelinek. Fotografia de Jean-François Jonvelle.

terça-feira, dezembro 06, 2005


"É o repouso claro, nem febre nem langor, na cama ou no prado." Jean-Arthur Rimbaud. Fotografia de Harry Callahan.

segunda-feira, dezembro 05, 2005


" A minha primeira experiência sexual foi durante o meu nascimento, quando passei pelo túnel vaginal." Karen Finley. Fotografia de Gertrude Fehr.

domingo, dezembro 04, 2005


" O Senhor Deus, tendo-os criado, considerava-os suficientemente grandes para ter um grande medo deles." Alfred Jarry. Fotografia de Sally Mann.

sexta-feira, dezembro 02, 2005


" Belphegor. Demónio das descobertas e das invenções engenhosas. Frequentemente apresenta-se sob a forma duma mulher jovem". Collin de Plancy, tradução de Ana Hatherly. Fotografia de Peter H. Furst.

quinta-feira, dezembro 01, 2005